O Programa Preparatório para Universidades (Pathway Courses), por ser um programa que exige um nível de inglês intermediário/avançado é focado pra estudantes que querem fazer um curso técnico profissionalizante, uma graduação, pós-graduação, doutorado ou até mesmo pós doutorado no exterior. Pessoas que buscam uma segunda graduação, que desejam mudar de área ou buscam uma especialização também são indicadas para fazer o curso. A maioria já tem um conhecimento de Inglês, mas precisa de aperfeiçoamento para conseguir acompanhar as aulas na universidades, e por isso fazem esse curso.

Pré-requisitos:
O primeiro passo é fazer um teste on-line e ter no mínimo 18 anos. De acordo com o teste, poderemos orientar quantas semanas serão necessárias de preparatório. O aluno estará apto quando ele atingir o nível de inglês exigido pela universidade ou pelo college escolhido. Para ingressar em uma universidade canadense é necessário o histórico escolar traduzido e juramentado e o nível de inglês. Se o aluno cursar o Programa Preparatório para Universidades, o mesmo pode entrar direto na Universidade escolhida antecipadamente. Mas se por acaso mesmo assim a Universidade não o aceitar, ele deverá prestar o este TOEFL e atingir a nota mínima exigida.

Motivo:
Apesar de ser requisito, os testes TOEFL ou IELTS, nem sempre são suficientes para o estudante conseguir fazer um bom acompanhamento. Cursando o Programa Preparatório para Universidades, além de poder entrar direto em uma instituição Universitária, o estudante fica mais preparado para o ambiente que irá encontrar. Muitos estudantes brasileiros tem o sonho de fazer uma especialização fora, mas a maioria não tem o nível do inglês, ou se tem, não estão acostumados com o ritmo e nível de discussão em Inglês.

O principal objetivo do Programa Preparatório para Universidades é deixar o aluno apto para uma universidade. Com o curso, o estudante aprende como dar uma palestra, fazer apresentações, discutir em grupo, criticar artigos, além de outras situações que ele vai enfrentar dentro do ambiente acadêmico.

Funcionamento:
Todo aluno precisa demonstrar proficiência em inglês. E isso é feito através de provas como o TOEFL, por exemplo. Com o curso Pathway, a obrigatoriedade dessa prova torna-se dispensável para os alunos que desejam entrar em universidades parceiras das escolas de inglês. Cada universidade e cada escola de inglês possui sua própria metodologia de avaliação. Em alguns casos, o término do curso é o suficiente para garantir a entrada. Em outros, após o término do curso, faz-se uma prova que dará uma pontuação ao aluno que pode, ou não, ser suficiente para o seu ingresso no curso superior. Digamos que as universidades “confiam” em suas escolas parceiras. Se o aluno é aprovado é porque ele realmente tem condições de frequentar um curso superior no país. O aluno que queira tentar o ingresso em uma faculdade que não seja parceira da escola onde ele esteja estudando, terá que fazer a prova do TOEFL de qualquer maneira, assim, o Pathway acaba virando um curso preparatório para o TOEFL.

 Fale com a gente e veja as escolas que oferecerem esse tipo de programa.